De 12 a 20 de Agosto de 2017 decorrerá na cidade de Praga o 26º Curso de Interpretação "Hornclass 2017". Trata-se de um curso já tive a oportunidade de frequentar inúmeras vezes enquanto aluno, enquanto solista convidado, proofessor e este ano terei a honra de integrar uma vez mais o corpo docente. Marcará igualmente presença o trompista Raimund Zell (Áustria) e 3 trompistas checos, pretencentes ao Trio de trompas de Praga que organiza estes cursos (Jiří Havlík, Jindřich Petráš, Zdeněk Divoký).
Haverá também concertos com convidados e apresentações de instrumentos, acessórios.

 

Trata-se de um curso que recomendo vivamente, em especial aos portugueses, uma vez que apesar de ser lá fora, apresenta um custo bastante aceitável e, particularmente este ano, contará com a presença de vários trompistas que falam a língua de camões.

mais informações sobre este curso poderão ser obtidas em:

http://www.hornclass.cz

Quem quiser companhia na viagem, poderá aderir a este grupo do facebook.

 

Todos os professores conhecem a velha história: o aluno começa a praticar o seu instrumento sem metrónomo, passado algum tempo não é capaz de manter uma pulsação, sentir uma subdivisão e, o pior de tudo, comete erros sem se aperceber. Para além disso, um aluno sem metrónomo não pode usar os exercícios habituais de prática passo a passo com incremento/decréscimo de tempo.

As justificações costumam ser muitas, mas a mais comum costuma ser... é caro! Compreendo que a situação financeira de algumas famílias seja bastante complicada, assim fiz uma pesquisa e consegui encontrar um metrónomo por 3€ e 60 cêntimos, já com portes de envio.

Uma pequena pesquisa no ebay revelou algumas opções low cost, convém sempre seleccionar a opção Free Shipping e Buy Now para não ter surpresas desagradáveis.

Fiz um video demostrando as funcionalidades

Votos de um uma boa sessão de prática, e agora, visto que já não têm qualquer desculpa...

SEMPRE COM METRÓNOMO

 

 

 

Aproveitando a minha passagem por Lisboa, dia 10 de Dezembro de 2016 estive a ouvir alguns alunos na Escola de Música do Conservatório Nacional. Apresentaram um bom nível e, acima de tudo mentes abertas o que é essencial para uma evolução consistente!

A Edição de Dezembro de 2016 da Newsletter da Associação Internacional de Trompistas publicou uma série de artigos em que Portugal tem destaque.

Um deles menciona informações sobre as minhas obras para trompa Obras para trompa de Ricardo Matosinhos