Publicado em Maio de 2016 pela AvA Musical Editions 

ISMN 979-0-55052-244-2

Disponível na Casa dos Músicos ⯑⯑


7 canções para coro infantil e piano, baseadas em poemas de Fernando Pessoa (1888-1935) 
(Brevemente estará disponível em versão orquestral)

">










 

 

 

Ao fazer a recolha de poemas para esta obra deparei-me, para minha grande surpresa, com uma abordagem completamente diferente, por parte de Pessoa, ao tema da infância que, como é sabido, é maioritariamente tratado  de uma forma profundamente nostálgica, como sendo um tempo  de felicidade, algo inconsciente, que se encontra  irremediavelmente perdido e que não volta mais. Contudo nos poemas, que compõem esta obra, Pessoa dirige-se maioritariamente às crianças e o tema passa a ser tratado de uma forma mais alegre, em que se faz o louvor da felicidade de brincar, do jogo, da aventura, sem nostalgia, sem dor, sem sofrimento, em que as personagens principais fazem parte da realidade concreta e quotidiana das crianças. Assim sendo, na primeira canção é feito um jogo com  palavra “pia”, acompanhado de uma coreografia, cujo objectivo é simultaneamente lúdico e pedagógico. De seguida surge uma canção com uma sonoridade muito peculiar, onde  é feita um crítica social. Na terceira canção e, uma vez que as crianças gostam muito de andar aos pulos, é-lhes dada a oportunidade para o fazer enquanto cantam. Seguem-se três canções com animais onde podemos conhecer uma ave com hábitos esquisitos, quatro ratos famintos e um veneno falsificado e a história de dois gatos gananciosos que disputavam um rato. Por fim, um divertido blues com percussão corporal que simboliza o tambor que bate dentro de todos nós.

 

Ricardo Matosinhos

 

  Tessitura Vocal
1 - Pia, pia, pia, Op.35
2 - Auto do circo, Op.36
3 - [Dá dois pulos de contente], Op.37
4 - O ÍBIS, ave do Egipto, Op.38
5 - Os Ratos, Op.39
6 - [Dois gatos, numa grande discussão], Op.40
7 - [Tambor da banda que não há], Op.41

Estrado a 9 de Abril de 2016 pelas 17h no Auditório da Companhia da Música, em Braga, pelo Coro Infantil da Companhia da Música sob a direcção da maestrina Alexandra Ribeiro com Célio Peixoto ao piano.