Estreada por António Francisco Ferreira e Bernardo Soares, dia 30 de Abril de 2016, no Museu Nacional Soares dos Reis, Porto

Dur: 5' 30''

Publicado em Agosto de 2016 pela AvA Musical Editions 

Também disponível na  June Emerson 

">

 



Esta obra composta por três pequenos andamentos contrastantes, foi encomendada por António Francisco Ferreira. O primeiro andamento é uma fanfarra para trompete em Mi bemol, começando com o instrumento com a campânula dentro do pano, produzindo um efeito de eco pela ressonância das cordas. O 2º andamento é um romance de caráter improvisado para fliscorne. Para terminar, uma divertida dança para trompete em Sib preparada sem a bomba do 2º pistão, que tem por base escalas pentatónicas e é acompanhada por sons cómicos produzidos com o 2º pistão. Nesta peça, os alunos do nível médio têm a rara oportunidade de usar diferentes instrumentos na mesma performance. Contudo, ciente que esta característica poderá igualmente impossibilitar a performance, por falta de algum instrumento, foi também incluída uma parte totalmente em Sib para que, em alternativa, possa ser tocada integralmente num único instrumento.