Bem... agora que as ferias acabaram, eis um desafio para pôr toda a gente a estudar!!

 

Enquanto professor senti sempre que os alunos quando regressam às aulas, após uma interrupção lectiva, embora cheguem cheios de vontade de aprender, apresentam muitas vezes um rendimento bastante inferior àquele que tinham anteriormente. Tal diferença deve-se a uma quebra no estudo regular durante a interrupção lectiva, o que frequentemente leva a que os rotores das trompas fiquem calcinados por falta de uso.

Esta situação atinge proporções ainda mais graves quando se vêem alunos de um nível de excelência, regressar da interrupção lectiva com um nível meramente satisfatório, muitas vezes quase negativo. Esta quebra conduz à desmotivação do aluno e dificulta a tarefa do professor no ano lectivo seguinte, já que atrasa todo o trabalho uma vez que  o aluno demora alguns meses a recuperar o nível de desempenho, que tinha anteriormente, e só depois se encontra preparado para fazer face ao novo programa curricular.

Face a esta situação decidi, na última interrupção lectiva, lançar o desafio aos meus alunos de semanalmente me enviarem uma gravação, em vídeo, com o trabalho desenvolvido ao longo da semana. Esperava que apenas alguns alunos aderissem, mas fui agradavelmente surpreendido por uma adesão massiva que atingiu 89%.

A escolha de uma trompa depende do tamanho do trompista, do nível evolutivo, do tipo de trabalho que vai ser feito com a trompa e, claro, do montante pecuniário disponível para investir.

Ao comprar um instrumento é necessário ter em atenção a existência de trompas em diferentes afinações: em Fá; em Sib em Mib; completas (full double); Compensadas; Fá/Sib; Fá/Sib/Fá alto; Fá/Sib/Mib alto; sistema francês ascendente, com valvula de som Bouché; naturais; descant... Convém ter em conta o tamanho, que pode ser standard (adequado para a maioria dos alunos com 10 anos), tamanho de criança (para alunos a partir dos 5 anos) ou em tamanho pocket, também conhecidas como trompas piccolo.

 

A palavra "trompa" como é escrita e pronunciada à volta do mundo. Se a sua língua nativa não está aqui, por favor contribua para este projecto.

  

Albanês - Korn

Alemão - Waldhorn horn

Árabe - هورن 

Arménion - Վալդհորն

Azeri - valtorna

Basco - Tronpa

 

Hoje a tecnologia tem um grande impacto e presença nas nossas vidas, porque não torna-la útil para música?

Pois bem... aqui estão alguns dos meus aplicativos favoritos para Android, iOS, Mac and Windows